Telefone: (85) 3486-6366 Whatsapp: (85) 99162-8506

E-mail: ouvidoria@retinaecatarata.com.br

Entre em Contato

Notícias

20 de Maio Dia do Auxiliar e Tecnico de Enfermagem

dia do tecnico e auxiliar de enfermagem

Prezados colegas,

Temos o prazer e a honra de dar boas-vindas a todos os participantes do 61º Congresso Brasileiro de Oftalmologia (CBO2017). O CBO 2017 será realizado de 6 a 9 de setembro no maior centro de convenções da América Latina, o Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

A Comissão Científica do CBO e as sociedades filiadas estão construindo uma programação científica de altíssimo nível onde mais de 600 renomados palestrantes nacionais e internacionais apresentarão, através de simpósios, cursos, temas livres, pôsteres, vídeos, entrevistas e painéis, os últimos avanços ocorridos em todas as subespecialidades.

Estamos preparando uma programação social muito especial que irá propiciar ricas oportunidades de convivência e troca de experiências.

Nosso estado conta com belíssimo litoral onde o mar, as dunas, coqueiros, lagoas e praias nos brindam com paisagens e lugarejos deslumbrantes como Canoa Quebrada e Jericoacoara.

Além disso, contamos com equipamentos de lazer e entretimento que garantem a diversão das famílias dos congressistas, como restaurantes, bares e boates, que fazem com que Fortaleza tenha uma das atividades noturnas mais divertidas do país.

Aguardamos você com grande expectativa, para que desfrute de um rico intercâmbio de conhecimentos, encontro com velhos amigos e nascimento de novas amizades.

Bem-vindos a Fortaleza, terra de um povo reconhecidamente acolhedor.

 

Acesse o Link e faça sua inscrição:

http://www.cbo2017.com.br/cbo2017

outubro 10, 2016
O que é?

É um exame simples, rápido e indolor, que consiste na identificação de um reflexo vermelho, que aparece quando um feixe de luz ilumina o olho do bebê. O fenômeno é semelhante ao observado nas fotografias. Para que este reflexo possa ser visto, é necessário que o eixo óptico esteja livre, isto é, sem nenhum obstáculo à entrada e à saída de luz pela pupila. Isso significa que a criança não apresenta nenhum obstáculo ao desenvolvimento da sua visão.

Por que e quando fazer?

A criança não nasce sabendo enxergar, ela vai aprender assim como aprenderá a sorrir, falar, engatinhar e andar. Para isso, as estruturas do olho precisam estar normais, principalmente as que são transparentes. O “Teste do Olhinho” pode detectar qualquer alteração que cause obstrução no eixo visual, como catarata, glaucoma congênito e outros problemas cuja identificação precoce possibilita o tratamento no tempo certo e o desenvolvimento normal da visão.

Desde junho de 2010, o pagamento do “Teste do Olhinho” por todos os planos de saúde é obrigatório, segundo decidiu a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Antes disso, em muitos e

Posted in Notícias
outubro 10, 2016
Os estudos com célula-tronco ainda despertam alguma polêmica para algumas pessoas, mas muita gente vê nesse tipo de método a saída para a cura de uma série de doenças graves que acometem os seres humanos. Recentemente, duas pesquisas publicadas na revista Nature ganharam destaque no noticiário internacional, ambas envolvendo o uso de células-tronco para devolver a visão a cegos.

O primeiro caso é o de um projeto desenvolvido em conjunto pela Universidade de Cardiff, do Reino Unido, com a Universidade de Osaka, no Japão. Os pesquisadores cultivaram vários tipos diferentes de células, usando um deles para curar a cegueira induzida em coelhos de laboratório. No outro caso, ainda mais impressionante, pesquisadores da Universidade Sun Yat-sen, da China, e da Universidade da Califórnia em San Diego, dos Estados Unidos, usaram células-tronco na reconstrução do olho de crianças vítimas de catarata.

O projeto das instituições de Cardiff e Osaka utilizou um tipo de célula-tronco pluripotente, que pode ser colhido de um humano e então revertida a um estado a partir do qual pode desenvolver novamente para um variado número de células diferentes. “Esta pesquisa mostra que vários tipos de células-tronco humanas são cap

Posted in Notícias
outubro 10, 2016
Existem problemas comuns aos olhos que podem aparecer com a idade. Leia quais são eles e entenda mais da importância de ir ao oftalmologista.
Em todas as idades é muito importante procurar o médico oftalmologista pelo menos uma vez ao ano. Esse cuidado com a saúde pode prevenir doenças e também trazer conforto para todas as fases da vida. Comum em todas as etapas é a importância de não decidir por um tratamento sem procurar o médico Os olhos precisam de cuidado como qualquer outro órgão do corpo e possui doenças silenciosas. Por isso ir ao oftalmologista e seguir o recomendado é zelar pela saúde ocular. Leia as dicas por idade que o Dr. Carlos Gustavo Leite Vieira preparou para os leitores e entenda um pouco mais sobre quando procurar o seu oftalmologista! De 0 a 10 anos Nessa fase é muito importante acompanhar o desenvolvimento da criança. Na primeira semana de vida o bebê fará o teste do olhinho e verificar se não existem problemas congênitos, como o glaucoma ou a catarata. Em sequência, os pais devem observar e caso percebam sinais do estrabismo, devem procurar orientação. As crianças têm uma resposta melhor a tratamentos. Até os 10 anos é preciso verificar o desenvolvimento escolar; problemas refrativo

Posted in Notícias
outubro 10, 2016

Além de causar desconforto, o tremor pode indicar um alerta à saúde. Entenda mais!

O sintoma de tremor nas pálpebras é uma queixa comum de pacientes. Na maioria das vezes se descobre que o movimento repetitivo não está relacionado diretamente a uma doença ocular e por isso serve de alerta a saúde, no geral. O estresse, por exemplo, é uma razão comum que gera esse tremor. O paciente quando fica exposto a situações ameaçadoras, complicadas ou desgastantes, por dias seguidos, pode liberar hormônios ligados ao estresse, que irão levar ao estímulo da pálpebra de forma involuntária. O mais indicado é procurar um médico oftalmologista para entender as razões do movimento repetitivo e involuntário. Cuidar desse sintoma é cuidar da saúde do corpo porque o estresse também pode gerar outros danos á saúde como problemas cardíacos, ansiedade, hipertensão. Segundo o oftalmologista Dr. Gustavo Carlos Heringer, o tremor normalmente está associado ao estresse, mas é preciso procurar um médico para avaliar se não existem causas neurológicas. “É de extrema relevância procurar um médico oftalmologista para avaliação e indicação adequada de tratamento. Em algumas situações o paciente terá que mudar hábitos e diminuir o estresse, mas em outras podemos ter sinais de problemas neurológicos”, ressalta. O oftalmologis

Posted in Notícias
outubro 10, 2016

O exame de fundo de olho é muito importante para saúde ocular e também permite a prevenção de outros problemas sistêmicos no corpo humano.

Para cuidar da saúde dos olhos é muito importante procurar o seu oftalmologista uma vez ao ano. Nessa consulta o médico além de olhar grau, medir a pressão intra-ocular, também irá realizar um exame de muita relevância: o fundo de olho. Chamado também de fundoscopia ou oftalmoscopia, o fundo de olho examina a retina, suas artérias e veias, e o nervo óptico. É nesse momento que o médico poderá diagnosticar doenças oculares como glaucoma, retinopatia diabética e degeneração macular. O exame é realizado com a projeção de um feixe de luz no interior do olho e permite o oftalmologista observar as estruturas dentro dos olhos. Para auxiliar na visualização os profissionais da saúde irão pingar colírios que dilatam a pupila. A oftalmologista Dra. Daniela Faria destaca que o exame é muito fácil, rápido e extrema importância. “O fundo de olho é um exame muito simples e os seus benefícios à saúde são vários, além de não ser um exame invasivo. Através  da fundoscopia podemos  diagnosticar e prevenir a evolução de várias doenças”, ressalta. O exame poder ser realizado desde o nascimento, por exemplo, para diagnóstico de retinopatia da prematuridade. Em adultos, a fundoscopia é fundamental

Posted in Notícias
outubro 10, 2016

A bebida alcoólica pode gerar comprometimentos a visão que prejudicam a noção da distância e profundidade. Entenda mais sobre o assunto!

Em várias partes do mundo foi determinado um consumo limite de bebida alcoólica para aumentar a segurança no trânsito. O estudo do assunto publicado no Jornal Perception, mostra que, além do álcool afetar as habilidades motoras e a tomada de decisão, também reduz o contraste visual em cerca de 30%, dificultando a noção de profundidade e a distinção de tudo o que for claro e escuro. Na opinião da médica Oftalmologista do Centro Oftalmológico de Minas Gerais, Daniela Faria, quem já percebeu como os olhos ficam vermelhos e como as reações se tornam mais lentas depois da ingestão moderada ou alta de bebidas alcoólicas deve desconfiar do impacto que isso causa no cérebro e, consequentemente, na visão, a longo prazo. “Entre os sintomas mais comuns estão à visão dupla e a visão embaçada. Com a repetição desses episódios, os músculos que controlam o foco da visão ficam comprometidos, prejudicando a noção de distância e profundidade. Também a visão periférica, que dá uma noção do que está acontecendo ao redor da pessoa, fica altamente prejudicada com o tempo – e isso é especialmente ruim para quem vai dirigir”, diz a médica. Dra. Daniela Faria também chama aten

Posted in Notícias
outubro 10, 2016

O carnaval está chegando e com ele vários cuidados com os nossos olhos para que a folia seja aproveitada com tranquilidade.

Quando chega o verão, e com ele o sol e calor, a primeira coisa que vem à mente das pessoas é aproveitar os dias ensolarados na piscina ou na praia, especialmente no Carnaval. Porém, além dos cuidados essenciais com a pele (lembrando sempre de usar protetor solar) é preciso também ter precauções com os olhos. ” A exposição excessiva ao sol pode causar queimaduras não somente na pele como também pode prejudicar a visão, desencadeando doenças  como retinopatias solares e degeneração macular, o que pode evoluir com baixa de  visão. Então regra número 1: não saia de casa sem óculos de sol”, explica a médica oftalmologista Dra. Daniela Faria. Além disso, a exposição ao sol, os banhos no mar ou piscina, com contato com produtos químicos, como o cloro, são fatores que irritam os olhos e predispõem a conjuntivites ou inflamações oculares. Por isso, confira algumas dicas: Nos ambientes externos, use sempre óculos com lentes com fator de proteção para a radiação ultravioleta: óculos de sol ou óculos de grau com lentes com fator de proteção para raios UVA e UVB. Para aqueles que já usam óculos com

Posted in Notícias